RESULTADOS E PERSPECTIVAS

As atividades realizadas são agrupadas em cinco áreas. A primeira é a de Redes de Sensores sem Fio. Como resultados, destacam-se aplicações ecológicos e para agropecuária, bem como desenvolvimento de SoC. A segunda área é de metodologias e projeto de circuitos integrados, onde os resultados mais relevantes incluem circuitos tolerantes à radiação, circuitos de RF, analógicos e digitais, bem como circuitos baseados em novos conceitos e dispositivos nanoeletrônicos. A terceira foca o desenvolvimento de ferramentas de projeto de CIs, sendo os seus resultados mais relevantes: reduzida sensibilidade à variação de processos, minimização de área, posicionamento de roteamento no CI, síntese automática de layout, entre outros. A quarta área cobre o tema de desenvolvimento de dispositivos. Temos como pontos altos o desenvolvimento de processo de fabricação de transistores 3D ou FinFET. Ressaltamos também o desenvolvimento de sensores, como o ISFET e outros sensores químicos, sensor óptico como detector de posição, sensor de umidade baseado em SAW e células solares orgânicas, entre outros. A quinta área refere-se ao desenvolvimento de materiais e técnicas de processamento. Materiais e aplicações de CNT, grafeno, nanopartículas semicondutoras e metálicas e dielétricos alternativos são estudos e desenvolvidos. Vários dos trabalhos citados anteriormente envolveram uma interação e transferência de conhecimento para o setor empresarial. Os resultados mencionados foram detalhados em 400 artigos em revistas indexadas, quase 1100 artigos completos em anais de congressos e 14 patentes. Os trabalhos também envolveram a formação de recursos humanos. Foram concluídos 73 teses de doutorado, 211 dissertações de mestrado, 184 trabalhos de IC e 35 trabalhos de pós-doutoramento. A transferência de conhecimento para a sociedade deu-se por meio de notícias na mídia, site do NAMITEC que inclui um vídeo, um boletim eletrônico recentemente criado, organização de eventos e participação em exposições.