O INCT é uma rede que agrega grupos de pesquisa nacionalmente reconhecidos em suas áreas de atuação. Sua produção acadêmica, realizada de modo articulado, contribui para estabelecer o campo dos estudos brasileiros sobre violência, democracia e segurança pública. Suas atividades lidam com a compreensão de questões vitais para a sociabilidade e a integração das sociedades contemporâneas, como a violência e as formas de controle dos conflitos sociais.

O INCT Violência, Democracia e Segurança Cidadã tem hoje um papel central para a disseminação de dados e pesquisas sobre direitos humanos e segurança pública no Brasil, buscando contribuir para a formação de uma agenda de políticas públicas pautada na eficiência democrática, na participação social e na ideia de que segurança deve ser pensada como eixo de desenvolvimento e de equidade na defesa e garantia de direitos humanos.

Para tanto, o INCT tem procurado compreender os condicionantes demográficos,socioeconômicos, políticos, institucionais e culturais que  influenciam tanto as tendências de evolução dos crimes e da violência quanto reações sociais, correntes de opinião e as for mas estatais de controle da ordem pública. P rocessos estes que incluem a ação das polícias, mas que não se resumem a elas. O INCT tem atuado para contemplar o monitoramento das políticas públicas e seus impactos diferenciais na qualidade de vida dos vários segmentos da população brasileira e na eficiência do Estado em pro ver serviços.

O INCT Violência, Democracia e Segurança Cidadã pode ser visto como "nó" central de uma rede de forma a assegurar circulação de informações e conhecimento seja para outros pesquisadores, seja para tomadores de decisão. A disseminação de resultados de investigações e de outras atividades acadêmico-científicas acerca da realidade do país na área visa, para além do esclarecimento dos cidadãos e formadores de opinião, também pautar a agenda da área em torno de temas estratégicos para a democracia brasileira. Para isso foram produzidas publicações (entre livros completos, capítulos, artigos etc.), realizadas mais de mil contribuições para os veículos de comunicação em âmbito nacional e local, dezenas de parcerias e consultorias firmadas com órgãos da gestão pública, ONGs e instituições de ensino profissional, com repercussão nacional e internacional.