Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia - INCT-MN

O Instituto Nacional de Ciências dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN) foi criado no dia 24 de Abril 2009 pela iniciativa dos pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (UNESP), da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), do Instituto de Pesquisas Enérgicas e Nucleares (IPEN), da Universidade de São Paulo (USP), da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), da Universidade Federal de Goiás (UFG), da Universidade Estadual de Goiás (UEG), do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF) e do Centro Federal de Educação Tecnologia do Maranhão (CEFET-MA).

O INCTMN, tem como foco principal o de gerar conhecimento por meio de estudos básicos em síntese, caracterização e processamento de materiais cerâmicos nanométricos e também aplicar tal conhecimento no desenvolvimento de cerâmicas eletrônicas de alto desempenho, incluindo dispositivos baseados em filmes finos. Esse conhecimento será gerado em diferentes instituições, desde o sul até o nordeste do país. Isso tornará o conhecimento descentralizado e difundido, o que poderá gerar benefícios sociais e econômicos em diferentes regiões do país. Além dos desenvolvimentos tecnológicos que poderão contribuir diretamente para os benefícios sociais, uma parte importante do projeto é a difusão do conhecimento em todos os níveis, isto é, desde o nível básico até o nível de pós-graduação.  Uma análise da produção científica do CMDMC, revela um crescente aumento do número de trabalhos publicados nos últimos 8 anos (trabalhos publicados em revistas internacionais 774 e revistas nacionais 60).