PRINCIPAIS LINHAS DE PESQUISA

1. Compreender o funcionamento do clima, sua variabilidade e suas mudanças e

2. subsidiar as políticas públicas de mitigação e adaptação em níveis local, nacional e internacional. Para alcançar essa meta, tem como objetivos científicos:

(i) detectar mudanças ambientais no Brasil e América do Sul e atribuir causas às mudanças observadas (por ex.aquecimento global, mudanças dos usos da terra, urbanização);

(ii) desenvolver um modelo do sistema terrestre para gerar cenários de mudanças ambientais globais e regionais, particularmente cenários em alta resolução do clima e de usos de cobertura do solo;

(iii) estudar os impactos e identificar as vulnerabilidades às mudanças climáticas nos setores e sistemas estratégicos: ecossistemas e biodiversidade, agricultura, recursos hídricos, saúde humana, cidades, zonas costeiras, energias renováveis, economia); e (iv) desenvolver técnicas e metodologias de mitigação. Está estruturado em quatro eixos: três científicos e um tecnológico:

   1. A base científica;

   2. Estudos de Impactos, Adaptação e Vulnerabilidade;

   3. Mitigação;

   4. Produtos Tecnológicos. Ao lado da Rede CLIMA, é um dos pilares de pesquisa e desenvolvimento do Plano Nacional de Mudanças Climáticas.