Estação de monitoramento de aerossóis e qualidade da água em Maxaranguape, RN, a cerca de 70 km de Natal

O INCT para Mudanças Climáticas é uma abrangente rede de pesquisas interdisciplinares em mudanças climáticas e se embasa na cooperação de 65 grupos de pesquisa nacionais de todas as regiões e 17 grupos de pesquisa internacionais da Argentina, Chile, Uruguai, EUA, Alemanha, Holanda, Reino Unido, Índia, Japão e África do Sul, envolvendo na sua totalidade mais de 400 pesquisadores, estudantes e técnicos e constituindo-se na maior rede de pesquisas ambientais já desenvolvida no Brasil.

Os Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia foram criados em 2008 pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). São financiados pelo CNPq, pela CAPES e, no caso daqueles sediados no Estado de São Paulo, pela Fapesp. Atualmente, existem 119 INCTs em todo o Brasil, cobrindo diversas áreas da ciência e tecnologia.


OUTROS INSTITUTOS DO SETOR