Folhelhos betuminosos da Formação Irati, São Mateus do Sul (PR)

O Instituto Nacional de Óleo e Gás - Jazidas não Convencionais (INOG) proposto pela UERJ e UENF, em parceria com o DRM (Diretoria de Recursos Minerais do Estado do Rio de Janeiro) e com apoio da UFPE, PUC-RIO, EMBRAPA (solos), UFF e Observatório Nacional (ON) tem por finalidade consolidar o Estado do Rio de Janeiro como um centro de referência nacional para qualificação de profissionais para a Indústria do Petróleo e Gás.
 
As grandes reservas brasileiras de petróleo e gás encontram-se posicionadas nas bacias de Campos e Santos. Essa situação geológica / geográfica, mesmo antes do descobrimento das reservas do pré-sal, possibilitou a instalação de uma infra-estrutura técnico-científica e tecnológica no Rio de Janeiro que tem atraído a implantação de diferentes empresas vinculadas ao setor de óleo e gás. Assim, diversas empresas dos diferentes segmentos do complexo produtivo do setor de petróleo e gás têm utilizado o Estado do Rio de Janeiro como base para suas atividades no país e na América Latina.