PRINCIPAIS LINHAS DE PESQUISA

  1. Sondagens magnetotelúricas, mapeamento da condutividade elétrica e direção de anisotropia geoelétrica;
  2. Refração sísmica profunda, distribuição de velocidades de ondas sísmicas, estrutura da crosta e manto;
  3. Sismologia, monitoramento e estudo da sismicidade regional e local, redes sismográficas regionais e locais em áreas afetadas por tremores;
  4. Sísmica passiva, registros de telessismos e ruido sísmico e determinação da espessura e propriedades das camadas da crosta e da estrutura sísmica do manto;
  5. Gravimetria, distribuição de densidade, modelagem de estruturas crustais e do manto;
  6. Neeotectônica, deformação cenozóica, falhas sismogênicas, reativação de falhas, deformação de depósitos neogênicos, paleotensões, paleossismicidade;
  7. Geologia e geotectônica, compartimentação geológica e evolução geotectônica.

O foco é a Província Borborema e o Cráton do São Francisco e a relevância é contribuir para o entendimento da evolução geológica regional, melhor localização de epicentros de sismos e elaborar modelos geodinâmicos e sua relação com feições geológicas da superfície, incluindo bacias sedimentares e possíveis controles de depósitos minerais.