RESULTADOS E PERSPECTIVAS

Devido à característica multidisciplinar do INCT-EMA, há uma grande interação entre alunos de diferentes áreas: Engenharia Química, Química, Biotecnologia e Educação. Nesse período foram formados 41 mestres e 28 doutores e publicados diversos artigos científicos.

A transferência de conhecimento técnico-científico para o setor público e privado é feita por depósitos de 10 patentes e projetos de pesquisa conjuntos (Projeto Vale-BNDES/FUNTEC-USP: Recuperação de Áreas Contaminadas e Extração de Minerais de Rejeitos). Com o Ministério do Meio Ambiente e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento estamos realizando curso à distância para técnicos de órgãos ambientais.

O CEPEMA com a CETESB têm tratado dados de monitoração do ar (cinco estações automáticas) que possibilitam a identificação e previsão de eventos de altos níveis de poluentes em Cubatão e na Baixada Santista.

Na vertente de educação e divulgação da Ciência foram realizados cursos de formação que envolveram 79 professores da rede municipal de educação do Ensino Fundamental e na Educação de Jovens e Adultos de 10 escolas. Em maio de 2013 foi inaugurado o Centro de Aprendiz de Pesquisador, espaço para alunos de escolas públicas para desenvolver habilidades em Ciências.

As perspectivas futuras são promissoras, pois estamos acordando um projeto BNDES/FUNTEC-USP "Levantamento e Recuperação de Lixões e Aterros Controlados", com apoio do Ministério do Meio Ambiente.
Entre 2010 e 2012, tivemos a oportunidade de divulgar as pesquisas e fazer novas parcerias através dos convites recebidos para doze eventos no exterior. Exemplo de resultados esperados: Programa de Pósaduação em biomassa em energias renováveis com Universidades da Finlândia.