1. Modelos biogeoclimáticos;

2. Análise de perda de biodiversidade e degradação;

3. Criada a Rede Amazônia Sustentável;

4. Criado sistema de informações sobre florestas para a elaboração de normas e organização produtiva;

5. Produzidas novas tecnologias para a recuperação de solos degradados;

6. Registrada patente para Terra  Preta Nova;

7. Aproximação do saber das populações tradicionais e o conhecimento científico e tecnológico;

8. Escola da Biodiversidade;

9. Formação de Recursos Humanos.